Transvista-se de novos valores

Voraz, assim eu chamo aquele que vai para o deserto sem Deus e que aniquilou o seu coração reverente.
No meio da areia fulva, queimado pelo sol, morrendo de sede ele olha para as ilhas copiosas fontes onde, sob árvores de grande ramagem, repousam os vivos.
Mas sua sede não o persuade a imitar esses que estão satisfeitos porque onde há oásis também há ídolos.
Faminta, violenta, solitária, sem Deus, assim se quer a si própria a vontade leonina.
Livre da felicidade servil, libertada de deuses e orações, impávida e terrível, grande e solitária essa é a vontade do voraz.
No deserto têm vivido sempre os verdadeiros, os espíritos livres, como senhores do deserto.

_________Nietzsche in Assim falou Zaratustra

98e26086839900728f614ff6f3d80c7a

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s